quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Reportagem Caras



por Luciana Azevedo
A 30ª Edição do Prêmio Qualidade Brasil reuniu um time de profissionais da arte e do jornalismo no Citibank Hall, Rio. Escolhidos através de votação via internet aberta ao público, os contemplados receberam seus troféus em festa marcada pela emoção e pelo glamour, tendo Fernando Vanucci (56) e Mylena Ciribelli (39) como mestres-de-cerimônias. Um dos grandes vencedores da noite, o filme Tropa de Elite arrebatou seis prêmios, entre eles o de Caio Junqueira (30), Melhor Ator Coadjuvante. “Recebi o primeiro dos muitos prêmios do Tropa”, vibrou, antecipando o êxito dos colegas de elenco André Ramiro (26) e Maria Ribeiro (32), Melhor Ator Revelação e Melhor Atriz Coadjuvante. “É meu primeiro prêmio. Sinto como se tivesse feito um gol no Maracanã”, vibrou Maria, dias antes de se casar com Caio Blat (27). Os apresentadores William Bonner (44) e Fátima Bernardes (45) —que desde 2001 já levaram para casa sete troféus — ganharam novamente os prêmios de Melhor Apresentador e Apresentadora de Telejornal, além do Melhor Telejornal, pelo JN. “É motivo de orgulho imenso estar aqui a cada ano. Recebemos muitos elogios e temos muitos fãs”, alegrou-se Fátima, que celebrou com o jornalista Vinícius Dônola (38) a vitória do Fantástico, Melhor Programa Jornalístico. No quesito dramaturgia, sete estatuetas para a novela Paraíso Tropical. Entre os laureados, Ricardo Linhares (45), Melhor Autor de Novelas, com o parceiro Gilberto Braga (62), e Camila Pitanga (30), Melhor Atriz de Teledramaturgia, que, grávida de três meses, foi representada pelo pai, Antônio Pitanga (68). “Camila merece ser reconhecida pela carreira”, avaliou Antônio, que encontrou Glória Pires (44), colega de Camila na novela e Melhor Atriz pelo longa O Primo Basílio. “Fiquei emocionada. No momento, estou organizando a viagem”, contou ela, que em breve se muda para Paris com o marido, Orlando Morais (45), e os filhos. Já Bruno Gagliasso (25) foi contemplado como Melhor Ator Coadjuvante de Teledramaturgia, também por Paraíso. “Acho sempre que dá para fazer um pouco melhor, mesmo vendo que foi um bom trabalho. Mas fico feliz de as pessoas terem gostado tanto”, comentou ele, ao lado da mulher, Camila Rodrigues (24). Conhecidos pelo grande público como Lineu e Nenê, de A Grande Família, Marco Nanini (59) e Marieta Severo (61) não só viram o seriado ganhar como Melhor Programa Humorístico como ainda saíram vencedores em outras categorias. Nanini como Melhor Ator Teatral de Comédia por O Bem- Amado. “O prêmio celebra o ator, não só a pessoa. Nós, artistas, somos mortais, mas a figura do ator vem de muito tempo”, explicou ele, ao lado de suas colegas de palco Bel Garcia (40) e Raquel Rocha (36). Já Marieta foi agraciada como Melhor Atriz Teatral de Comédia pela peça As Centenárias e Melhor Atriz de Comédia de Programa Humorístico pelo seriado global. “O prêmio é um aplauso concreto, não deixa dúvidas”, definiu a atriz, ao lado do amado, Aderbal Freire- Filho (66), Melhor Diretor Teatral em Comédia pela mesma peça. Mais conhecido como ator, Herson Capri (56) levou com a mulher, Susana Garcia (37), o prêmio de Melhor Direção Teatral, por Eu Sou Minha Própria Mulher, que conquistou também o prêmio de Melhor Ator Teatral para Edwin Luisi (60). “Estamos em um momento especial do teatro brasileiro. Já ganhei três prêmios com a peça e ainda não temos patrocínio”, alfinetou Edwin. Dono de uma carreira diversificada, Ney Latorraca (60) ganhou o Troféu Especial, pelo conjunto da obra. “Quando você recebe um prêmio, confirma o seu talento diante das pessoas”, resumiu o ator, felicitado por Eva Wilma (73), Melhor Atriz Teatral de Drama pela peça O Manifesto.


4 comentários:

Kátia disse...

Se um fã seu quiser entrar em contato com vc, como seria possivel fazer isso acontecer?
FÃ SUA DE SÃO PAULO.

Jacqueline disse...

Glória, parabéns pelo seu trabalho. Acompanho você desde o início de sua carreira e considero você uma das melhores atrizes do Brasil (se não for a melhor). Vi a sua cadelinha Biju e me apaixonei. Tenho 2 cadelinhas da mesma raça que são meus xodós (como se fossem minha filhas). Dormem comigo e com meu marido.
Uns de seus trabalhos que mais aprecio é Memorial de Maria Moura, excelente ! Você continua cada vez mais linda e simpática.
Beijos,
Jacqueline/Belo Horizonte.

rosimeiry silva disse...

gloria pires eu sou sua fã , moro em salvador na bahia e o meu maior sonho é ter um dia de princesa junto a minha rainha, amo seu trabalho mais confesso que raquel e rutinha mim deixa mais apaixonada ainda. eu gostaria que vc mim add meu orkut é {rosimeiry_silva@hotmail.com} e{ rosimeirysilva106.7@hotmail.com } bjs querida !!!

mylena disse...

aii qui lindaaaaaaa
como smpre !!!
bjinhos mylena cristina